Matéria > Educação

IV Conferência de Educação de Paquetá do Piauí debate os temas inclusão, equidade e qualidade

  • 28/04/2022
  • Marcos
  • 64
PMSP-IMG-a3fb6fed38f7b485581.jpg

IV Conferência de Educação de Paquetá do Piauí debate os temas inclusão, equidade e qualidade

Diretores, professores, secretários de escolas, auxiliares administrativos monitores, motoristas, zeladoras, merendeiras e vigias, participam nesta quarta-feira (27), da IV Conferência Municipal de Educação de Paquetá do Piaui.

O evento, que acontece na Unidade Escolar Celso Eulálio, também conta com a participação do prefeito, Clayton Barros (Progressistas) e da primeira-dama e secretária municipal de Educação, Elayne Rejane de Sá Barros.

A IV Conferência de Educação segue as orientações do MEC (Ministério da Educação) e da Conferência Nacional de Educação e tem como tema: “Inclusão, equidade e qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira”.

Em seu discurso Elayne Rejane de Sá Barros destacou que os colaboradores da SEME (Secretaria Municipal de Educação), são as “molas fortes” do processo educacional paquetaense.

“São vocês quem determinam o crescimento da nossa educação e confio demais em vocês, assumi a pasta há pouco tempo, estou muito feliz e espero aos poucos que eu cresça junto com vocês, estou a disposição de todos, nossa educação oferecida as nossas já é muito boa e quero crescer ela ainda mais e preciso muito de vocês para que nossos alunos saiam daqui e que possamos dizer que nosso Paquetá é destaque na educação do Piauí”, pontuou a secretária.

O prefeito, Clayton Barros, frisou que o debate desses temas propostos pela IV Conferência de Educação é muito importante para o desenvolvimento da educação municipal e falou ainda sobre os investimentos feitos pela Prefeitura nessa área.

“Os investimentos vão desde melhoria das escolas, transporte escolar, merenda, capacitação, o município de Paquetá está investindo em todas as áreas em relação a educação para a melhoria e desenvolvimento da Educação Infantil”, ressaltou o gestor paquetaense.

A programação contou com apresentações culturais e foi traduzida para libras, a Língua Brasileira de Sinais, que é um conjunto de formas gestuais utilizados por deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas, sejam elas surdas ou ouvintes.

“Vamos fazer com que pessoas tenham mais oportunidade, por exemplo, os deficientes para que tenham acesso a educação e possam crescer, possam se desenvolver e nesse contexto fazer parte as pessoas com deficiência auditiva, visuais e nesse sentido buscaremos essa inclusão”, garantiu o prefeito.

 

Facebook
Instagram
Vídeos
Nenhum registro foi encontrado para esta categoria!
Fotos
Nenhum registro foi encontrado para esta categoria!